Quais são as diferenças entre corretoras e seguradoras?

Confira quais são as diferenças entre seguradoras e corretoras de seguro. Descubra as principais características de cada modelo de negócio.
Atualizado em 19/08/2019
diferenças entre seguradoras e corretoras

Precisa contratar um seguro? Então, antes de mais nada, precisa conhecer as diferenças entre corretoras e seguradoras. Saiba o necessário neste post!

O post de hoje trata sobre uma dúvida muito frequente entre as pessoas que estão procurando fazer um seguro, e é saber quais são as diferenças entre corretoras e seguradoras. Para resolver essa questão de uma vez por todas, elaboramos este texto. Dessa forma, você pode analisar e tomar uma decisão melhor na hora de planejar o futuro dos seus projetos.

No fim das contas, há uma diferença importante?

Definitivamente sim. Cada uma atua de forma diferente. Mas não se preocupe, todas as diferenças entre corretoras e seguradoras serão explicadas neste post.

Vamos começar por defini-las de forma acertada.

Seguradora: primeiramente, é preciso saber que as seguradoras são empresas autorizadas pela SUSEP, isto é, a Superintendência de Seguros Privados. No próprio site dessa organização está explicado que “a SUSEP é o órgão responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro, previdência privada aberta, capitalização e resseguro. Autarquia vinculada ao Ministério da Economia, foi criada pelo Decreto-lei nº 73, de 21 de novembro de 1966”.

Esse órgão autoriza uma empresa — a seguradora — para assumir os riscos e indemnizar o cliente em caso de prejuízo, segundo o que tenha sido previamente combinado na apólice. Ou seja, a seguradora é a responsável pelo pagamento dos danos, roubos e qualquer tipo de perda especificado no contrato.

Mas então, qual é o papel das corretoras?

Corretora: essas empresas são as encarregadas de funcionar como intermediárias na negociação entre o cliente e a seguradora. Elas também são autorizadas para vender os seguros das seguradoras.

Para que fique ainda mais fácil de entender as diferenças entre corretoras e seguradoras, vamos mencionar um exemplo. Suponhamos que você está trabalhando num projeto arquitetônico ou de engenharia, uma grande construção. Evidentemente um empreendimento desse tipo está exposto a erros, demoras, imprevistos e problemas, portanto é um movimento inteligente contratar um seguro. 

Só que, na hora de analisar o seguro melhor para nossas necessidades, podemos ficar confusos com tantas cláusulas, termos, tecnicismos e opções e, em alguns casos, acabar comprando um seguro que não é o mais conveniente ou que cobre coisas que de fato não precisamos mas acabamos pagando extra por isso.

Outro ponto é que o processo de pesquisar e comparar planos de seguro pode ser uma tarefa árdua e demorada, já que é preciso conhecer a fundo os detalhes e saber tanto o que é coberto quanto — e isso é importante em igual medida — o que não é.

Para evitar esses transtornos nós recorremos às corretoras. A função delas é identificar seu perfil, as necessidades de seguro e oferecer a melhor opção para você, tanto para economizar dinheiro quanto para escolher um seguro que dê cobertura para suas principais necessidades.

Podemos dizer, para clarificar ainda mais as diferenças entre corretoras e seguradoras, que as corretoras oferecem uma espécie de consultoria de seguros. Elas trabalham com várias seguradoras, são profissionais qualificados nesse ramo, então sabem identificar rapidamente o que você está precisando e podem ajudar na interpretação da complexidade que podem ser os detalhes de um seguro.

No caso de que de fato aconteça algum sinistro, é a corretora quem vai nos ajudar para que tudo o que foi combinado com a seguradora seja cumprido. Porém, a corretora não é a responsável pelas indenizações — esse papel depende pura e exclusivamente da seguradora —, mas sim de interceder favoravelmente para o cliente.

Agora sim, indo direto ao ponto e sendo práticos, podemos dizer que na hora de procurar um seguro o melhor é tratar diretamente com uma corretora. Isto não é obrigatório, mas será essa empresa quem nos ajudará escolher a melhor opção de seguro.

Principais diferenças entre corretoras e seguradoras

Agora que já explicamos com mais detalhe a natureza dessas entidades, vamos fazer uma comparação simples das diferenças entre corretoras e seguradoras.

Seguradora

  • Responsável pela emissão da apólice.
  • Responsável pela indemnização financeira dos pontos explicados na apólice.
  • Cada seguradora é uma empresa só.
  • Mais burocracia.
  • O segurado tem que “se virar” para lidar com a seguradora.
  • Os representantes da seguradora trabalham para os interesses da empresa, e só vendem as opções disponíveis na mesma.

Corretora

  • Não é responsável pela indenização financeira nem pela emissão da apólice, mas sim pela parte legal e de contratação de seguro, além de garantir que o especificado na apólice seja cumprido. 
  • Cada corretora é uma empresa só, mas pode vender seguros de várias seguradoras, dependendo da sua necessidade.
  • Mais acessibilidade, agilidade nos processos, comunicação e trato humano, menos burocracia.
  • Dá suporte ao segurado na hora de lidar com a seguradora, funcionando como intermediário.
  • Os corretores trabalham para você e não para as seguradoras. Eles podem, por exemplo, combinar vários tipos de seguros. É um serviço altamente personalizado, além de objetivo e imparcial.

Dicas para contratar um seguro

Sabendo as diferenças entre corretoras e seguradoras, vamos dar algumas sugestões na hora de contratar o serviço de seguro.

  • Verifique que, tanto a corretora quanto a seguradora, estão habilitadas pela SUSEP, além de corroborar a reputação dessas empresas. Isso é muito importante para evitar a contratação de seguros piratas.
  • Não seja seduzido pelo preço. O valor do seguro não difere tanto se é contratado por uma corretora ou diretamente. Um preço muito barato também é sinal de um possível seguro pirata. Além disso, o impacto econômico que pode derivar de um problema não se compara com o custo de um seguro, então é bom contratar o melhor seguro possível.
  • É importante ser completamente sincero e honesto e fornecer todas as informações solicitadas pelo corretor. Ele será seu braço direito.

Por isso, depois de todas as diferenças entre corretoras e seguradoras expostas aqui, a conclusão mais óbvia e sensata é que, a menos que você seja um expert em seguros, para contratar um serviço desse tipo é preciso fazer uma parceria com uma corretora. Elas saberão exatamente o que você quer, e representarão seus interesses no momento de lidar com a seguradora.

Sem ir mais longe, a Notna oferece uma ampla variedade de seguros personalizados para exatamente o que você precisa, levando em consideração suas necessidades, mas também sua carteira. 

Ricardo Ferraro

Ricardo Ferraro

Corretor de Seguros há mais de 20 anos. Formado em Engenharia Civil. Casado e pai de um lindo casal. Adoro trilhas, corrida, acampamento – Vivendo o melhor da vida.

Procurando Seguro de Obras até R$300mil?

Conheça nossa contratação rápida e agilize seu dia.